Meu AdoroCinema
Somos o Que Somos
Sessões Trailers em destaque Créditos Críticas dos usuários Críticas da imprensa Críticas do AdoroCinema Fotos
Filmes Online Curiosidades Bilheterias Filmes similares Notícias
Nota média 3,2 14 publicações
  • Variety
  • Almanaque Virtual
  • Screen International
  • The Hollywood Reporter
  • O Globo
  • The Guardian
  • Blogs Pop
  • Cineweb
  • CineClick
  • Folha de São Paulo
  • Chicago Sun-Times
  • Omelete
  • Cinepop
  • Rubens Ewald

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 1 a 5 estrelas.

14 críticas da imprensa

Variety

por Guy Lodge

"Somos o que Somos" evita a banalidade, mesmo em seus momentos mais abusivos, principalmente por causa de um grupo dedicado de atores talentosos. [...] Os aspectos técnicos são todos muito bons.

A crítica completa está disponível no site Variety

Almanaque Virtual

por Raíssa Rossi

Jim Mickle traz ao espectador não apenas um simples filme de terror, mas um material de qualidade, capaz de levantar importantes assuntos, com uma fotografia incrível, um clima gótico fascinante, uma tensão sombria e um final arrebatador. 

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

Screen International

por Tim Grierson

"Somos o que Somos" é uma experiência tensa e perturbadora, com pouco sangue, mas muitas cenas de virar o estômago. [...] Mickel guarda a melhor surpresa para o final, com uma recompensa macabra e deliciosa...

A crítica completa está disponível no site Screen International

The Hollywood Reporter

por David Rooney

Uma incursão madura pelo gênero [de terror] que agrada ao plantar um pavor enjoativo e desencadear uma boa dose de sustos, misturando seus momentos de carnificina com momentos mais sérios.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

O Globo

por Mário Abbade

Em vez de sustentar sua proposta nos peculiares sustos das fitas de terror, desenvolve seus conceitos por intermédio de um desfile de imagens. A sequência final é uma das mais aterrorizantes e reflexivas do ano.

A crítica completa está disponível no site O Globo

The Guardian

por Peter Bradshaw

Este é um filme assustador porque ele propõe, sutilmente e progressivamente, uma explicação psicológica plausível para o que acontece, o que a plateia deve inserir retrospectivamente na narrativa: o canibalismo como sintoma do terror, e não como causa.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

Blogs Pop

por Rodrigo Ortiz

"Não é um terror ruim – os novatos do gênero com certeza terão muito com que se assustarem. Mas não deve ser a escolha principal de muitos. O que é uma pena, já que com a boa qualidade de produção e com a base interessante da história, o resultado final poderia ter sido muito melhor."

A crítica completa está disponível no site Blogs Pop

Cineweb

por Rodrigo Zavala

O resultado [...] é irregular. Com excelentes cenas, em especial quando as filhas enfrentam o pai, falta à história mais cuidado com o que ocorre fora da casa. Personagens secundários são simplesmente jogados na trama...

A crítica completa está disponível no site Cineweb

CineClick

por Roberto Guerra

O diretor Jim Mickle consegue criar uma convincente atmosfera de medo e pressentimento obscuro em "Somos o que Somos". O elenco atua de acordo e a ambientação de florestas densas, céus nublados e uma estação chuvosa ininterrupta contribui para a dramaticidade sinistra da história.

A crítica completa está disponível no site CineClick

Folha de São Paulo

por à redação

A fragilidade maior do filme está na transposição da imagem para o ato, quando tem de passar do temor para o terror. No momento de assustar de verdade com uma apoteose "gore", "Somos o que Somos" fica muito aquém do que o público que admira sanguinolências espera.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Chicago Sun-Times

por Bill Stamets

Uma família implode com um comentário cortante sobre patriarcado [...] Híbrido entre filme de arte e filme de terror.

A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

Omelete

por Marcelo Hessel

O problema é que Mickle não parece ter muita vocação para esse tipo de filme (ou para qualquer outro, dados os erros de continuidade), e "Somos o que Somos" não vai muito além da emulação de outros estilos, indeciso ainda entre ser grave e ser irônico.

A crítica completa está disponível no site Omelete

Cinepop

por Raphael Camacho

A tentativa de criar uma família que Hannibal adoraria conhecer gera ao longo dos 110 minutos de filme uma frustração gigante. Não existe qualquer sintonia entre personagens, história e cinema. Porém, vale o aviso: se for assistir a esse filme não vá logo depois do almoço.

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Rubens Ewald

por Rubens Ewald Filho

Como nenhum personagem é bem desenvolvido, o espectador simplesmente não se envolve ou se interessa. E o final mais ou menos inesperado também não acrescenta muito. 

A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema