Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Amigos para Sempre
Nota média
2,8
10 publicações
  • Cinepop
  • New York Times
  • O Globo
  • Screen International
  • The Guardian
  • The Hollywood Reporter
  • Variety
  • Observatório do Cinema
  • Chicago Sun-Times
  • Cineweb

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

10 críticas da imprensa

Cinepop

por Leticia Alasse

Como o resultado de uma readaptação desnecessária e menos cativante que a primeira, "Amigos Para Sempre" busca se conectar com o público de forma mais dramática do que humorada.

A crítica completa está disponível no site Cinepop

New York Times

por Jeannette Catsoulis

A escolha do elenco traz como resultado ao conto impolítico (alguns diriam ofensivo) de Phillip (Cranston), ganha muito. [...] o roteiro de Jon Hartmere tem momentos genuinamente engraçados.

A crítica completa está disponível no site New York Times

O Globo

por Daniel Schenker

Apesar das restrições, o resultado, contudo, pode conquistar uma ampla faixa de público se conferido sem maior exigência.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Screen International

por Allan Hunter

Os personagens centrais utilizam tanto as habilidades cômicas quanto as habilidades dramáticas de Bryan Cranston e Kevin Hart, cuja química afetiva fornece uma grande parte do apelo do filme. "Amigos para Sempre" é a soma de seus bons atores e política duvidosa, arrancando lágrimas genuínas.

A crítica completa está disponível no site Screen International

The Guardian

por Jordan Hoffman

Quando você tem dois artistas poderosos como esse, é muito difícil não se encontrar, pelo menos temporariamente, encantado. Há algumas seqüências estendidas, mas grande parte dos diálogos é realmente afiado. Este filme manipulativo e estereotipado é tão engraçado quanto sua estrutura permite.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

The Hollywood Reporter

por Jordan Mintzer

Há um lado positivo e negativo do remake de "Os Intocáveis". No lado positivo, a escolha de Bryan Cranston e Kevin Hart nos papéis principais, com mais momentos engraçados que o original. No negativo, o diretor e o escritor pouco fizeram para transformar os aspectos mais problemáticos do sucesso francês.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

Variety

por Scott Tobias

Bryan Cranston e Kevin Hart têm uma química cômica descontraída que pode não validar o bromance do filme, mas faz com que seja fácil. [...] depois de uma série de papéis sombrios, Cranston redescobre a malícia. Ele só consegue mover seu pescoço e seu rosto, mas ele toca Phil com brilho nos olhos.

A crítica completa está disponível no site Variety

Observatório do Cinema

por Caio Lopes

Remake norte-americano de "Intocáveis" agrada com boas atuações, mas se prova irrelevante.

A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

Chicago Sun-Times

por Richard Roeper

O roteiro de Jon Hartmere contém algumas cenas genuinamente engraçadas e Hart e Cranston combinam bem, especialmente nos momentos mais calmos, quando são apenas dois homens conversando, se conhecendo, ouvindo um ao outro.

A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

Cineweb

por Alysson Oliveira

"Amigos para Sempre" é ingênuo, especialmente tratando da questão racial com tanta superficialidade.

A crítica completa está disponível no site Cineweb
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top