Meu AdoroCinema
Os Mercenários 3
Nota média
2,6
24 publicações
  • Chicago Sun-Times
  • Críticos.Com.Br
  • Cinema com Rapadura
  • Almanaque Virtual
  • A Tarde
  • Chronic'art.com
  • Cinemascope
  • Cineplayers
  • O Globo
  • Preview
  • Screen International
  • CineClick
  • Folha de São Paulo
  • Gazeta do Povo
  • Papo de Cinema
  • The Hollywood Reporter
  • Cinema com Rapadura
  • Cinepop
  • Cineweb
  • Omelete
  • Revista Interlúdio
  • The Guardian
  • Veja
  • Variety

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

24 críticas da imprensa

Chicago Sun-Times

por Odie Henderson

Ao contrário da maioria série de filmes, "Os Mercenários 3" planta as sementes de seu próprio reboot jovem. Vamos torcer para que "Os Mercenários 4" tenha o estilo de "Rocky 3", com Stallone e cia. transmitindo seus conhecimentos antes de sair de cena.

A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

Críticos.Com.Br

por Octavio Caruso

Analisando friamente o conjunto da obra, esse pode ser até o resultado mais recompensador da franquia, graças ao vilão vivido por Mel Gibson, o primeiro que realmente vende bem o conceito da ameaça.

A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

Cinema com Rapadura

por Arthur Grieser

“Eu não me divertia assim há anos”, declara o personagem vivido por Harrison Ford em dada altura deste “Os Mercenários 3”. De fato, aos trancos e barrancos, entre escorregadas e acertos, é bem nesse clima de nostalgia e descontração tão característico dos outros dois primeiros filmes da franquia que este terceiro se sustenta e alcança seus principais méritos.

A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

Almanaque Virtual

por Celso Rodrigues Ferreira Junior

Enquanto os antecessores da franquia trilharam o caminho da comédia, rendendo cenas hilariantes que davam aos filmes um delicioso tom de galhofa, este novo longa tem um aspecto mais sério, como se buscasse o respeito que seus protagonistas sempre desejaram em seus tempos áureos.

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

A Tarde

por Bruno Porciuncula

O ator espanhol [Antonio Banderas] é quem rouba a cena sempre que aparece. Interpretando o paranoico e falante Galgo – como uma espécie de Burro, da animação Shrek –, ele mostra que tem o timing para a comédia e claramente se diverte com o papel. Aliás, a diversão é clara entre todos os atores da produção, o que acaba contagiando o público.

A crítica completa está disponível no site A Tarde

Chronic'art.com

por Adrien Dénouette

Em um mundo privado de causas a defender, estes velhos parecem superficiais, mas nossa crença de infância permanece intacta: basta constatar que essas carcaças, embora não sejam imortais, ainda aguentam bem os golpes.

A crítica completa está disponível no site Chronic'art.com

Cinemascope

por Diêgo Araujo

Todo filme deve atender aquilo a que se propõe. Indo direto ao ponto, sem enrolação e perda de tempo, "Os Mercenários 3" mostra que foi produzido para agradar fãs do gênero e entreter aqueles que o assistem sem grandes expectativas.

A crítica completa está disponível no site Cinemascope

Cineplayers

por Bernardo D.I. Brum

Stallone, como mentor principal da série e também um dos roteiristas, é atraído pela ideia de mito vivo e consciente. A história é ditada em tom referencial através da estrutura física e frenética instituída no cinema de ação...

A crítica completa está disponível no site Cineplayers

O Globo

por Mario Abbade

Antes protagonizando os filmes mais rentáveis, Sly e cia, no mundo pós-11 de Setembro, perderam seu espaço: o conceito do “exército de um homem só” se tornou obsoleto, mas ainda é garantia de diversão.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Preview

por Mariane Morisawa

Quem se destaca mesmo é Antonio Banderas, como um Zorro atrapalhado e falante, e Mel Gibson, um ex-mercenário que agora é o inimigo número 1 de todos. O ator arrasa.

A crítica completa está disponível no site Preview

Screen International

por Mark Adams

"Os Mercenários 3" entrega a esperada mistura de ação exagerada, grandes cenas com dublês e montes de testosterona [...] Embora exista muita repetição e explicação, este é um filme que sem dúvida apresenta exatamente o que os fãs da série esperam dele.

A crítica completa está disponível no site Screen International

CineClick

por Roberto Guerra

Este terceiro episódio derrapou graças a escolhas equivocadas de seu roteiro. A principal delas: inserir um monte de personagens jovens e dispensáveis.

A crítica completa está disponível no site CineClick

Folha de São Paulo

por Thales de Menezes

Depois de quase duas horas de explosões, Stallone e Gibson dão o que a plateia quer: uma briga mano a mano. Como sempre faziam em seus filmes. Uma sessão nostálgica para quem é pouco ou nada sensível.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Gazeta do Povo

por Sandro Moser

Patrick Hughes, o diretor australiano, brinca e abusa das cenas de ação espetaculares, vertiginosas e irreais. [...] Do roteiro, coescrito por Stallone, não se pode exigir qualquer coerência; a narrativa é apenas suporte para a ação e a galhofa.

A crítica completa está disponível no site Gazeta do Povo

Papo de Cinema

por Matheus Bonez

O grande problema de "Os Mercenários 3" é a sensação constante de deja vú. Se nos dois primeiros longas isto era divertido, aqui começa a se tornar cansativo. Por isso, é um alívio a introdução de Gibson como um vilão totalmente sem escrúpulos e um Banderas mais que à vontade...

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

The Hollywood Reporter

por Justin Lowe

Uma fórmula de sucesso que já parece vacilante, mesmo com uma infusão de sangue novo.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

Cinema com Rapadura

por Thiago Siqueira

Apenas nos 20 minutos finais que temos um relance dos combates que deveriam ser a marca da franquia e, mesmo assim, não se trata de uma batalha lá muito interessante, ganhando alguns pontos quando Arnold Schwarzenegger referencia um de seus mais conhecidos trabalhos e pronto.

A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

Cinepop

por Wilker Medeiros

"Os Mercenários 3" parece ser mesmo o fechamento da franquia. Até porque o desgaste é evidente. A piada já não funciona. E se pretendem continuar com isso, que façam algo relativamente novo.

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Cineweb

por Rodrigo Zavala

A linha narrativa dos roteiros, por isso, nunca foi um bem desenvolvida, servindo apenas de escora para a ação e a comédia. No terceiro filme, não é diferente. [...] Apesar de engraçado, quando em contexto, "Os Mercenários 3" é, sim, mais do mesmo.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Omelete

por Marcelo Hessel

O cinema de ação onde Stallone, Schwarzenegger e Cia. foram criados há mais de 30 anos não era só pose, piada e testosterona. [... "Os Mercenários 3"] é um filme obeso, lento para resolver tanto suas cenas de exposição quanto suas cenas de ação.

A crítica completa está disponível no site Omelete

Revista Interlúdio

por Wellington Sari

O filme se propõe a testar algumas possibilidades práticas, ao contrário dos exemplares anteriores, em que o debate do arcaico contra o novo era muito mais teórica. E o faz apenas para verificar que não funcionam. Será preciso inventar outro tipo de gênero, que se adeque à flacidez do mundo atual. Enquanto isso, "Mercenários 3" continua a provar que o bom filme de ação é o filme de ação conservador. Ronald Reagan daria um excelente expendable.

A crítica completa está disponível no site Revista Interlúdio

The Guardian

por Andrew Pulver

Quando você acha que essa britadeira desengonçada está chegando ao film, entra Jason Statham para avisar que ainda tem mais. Mais tanques, mais granadas, mais homens em motocicletas, mais frases de efeito semi-audíveis em meio ao barulho desordenado das explosões.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

Veja

por Isabela Boscov

Eu nunca vi um ator interpretar com tanta convição um papel num filme tão ruim e que não merece convicção nenhuma. [...] Eu fiquei admirada com a determinação dele [Mel Gibson].

A crítica completa está disponível no site Veja

Variety

por Justin Chang

Os dois filmes anteriores, embora praticamente indefensáveis, pelo menos estavam conscientes de sua péssima qualidade [...] "Os Mercenários 3" escolheu uma classificação permitida para maiores de 13 anos - uma decisão que tira o interesse das cenas de ação, além de seu impacto e de sua infâmia inglória.

A crítica completa está disponível no site Variety
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top