Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Salário Mínimo
    Salário Mínimo
    14 de dezembro de 1970 / 1h 27min / Drama
    Direção: Adhemar Gonzaga
    Elenco: Renata Fronzi, Geraldo Alves, Paulo Gracindo
    Nacionalidade Brasil
    Usuários
    3,0 1 nota
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Moreira mora numa pensão, trabalha numa firma e é noivo há 12 anos de Angelina. Centro dia encontra Roberto, velho amigo, que o aconselha a tentar algo melhor. Moreira prefere o certo, embora modesto. Angelina irritada com o longo noivado arma violenta briga e Moreira se casa. Depois da lua de mel o casal vai morar nos fundos da casa de uma viúva, em Jacarepaguá. Alguns anos depois reencontra Roberto. Desta vez Angelina também insiste na melhoria. Moreira resolve pedir aumento, desajeitadamente. É despedido e resolve recorrer a Roberto.
    Distribuidor Cinedistri
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 6 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor -
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -
    Pela web

    Elenco

    Renata Fronzi
    Personagem : Angelina
    Geraldo Alves
    Personagem : Moreira
    Paulo Gracindo
    Personagem : Roberto
    Wellington Botelho
    Personagem : Euzébio
    Ficha completa

    Foto

    Curiosidades das filmagens

    Pseudônimo

    Monteiro Guimarães é um pseudônimo utilizado por Adhemar Gonzaga.

    Citações e participações especiais

    Fiel ao seu imaginário, a família e aos artistas e técnicos que o acompanharam em boa parte da sua trajetória, Adhemar Gonzaga recheia Sálario Minímo com citações e participações que nem todos identificariam à primeira vista. Imaginário: o carnaval, o samba, o morro, comparecem no número cantando por Monsueto. Família: a mulher Yolanda Fronai, a enteada Renata Fronzi, o marido desta, César Ladeira, e o filho do casal Cesar Ladeira Filho, então... Leia Mais

    Crítica da época

    "Adhemar Gonzaga, seu realizador, mais uma vez dá prova de integridade profissional que vem mostrando há várias décadas, fazendo o filme à sua moda e não à moda de ninguém, porque assim achou que devia ser seu tratamento. E concordamos, com Gonzaga: os humildes merecem um filme humilde. " Tati Moraes, Última Hora.
    6 curiosidades

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top