Meu AdoroCinema
    Chico Rei
    Chico Rei
    Data de lançamento desconhecida (1h 55min)
    Direção: Walter Lima Jr.
    Elenco: Othon Bastos, Haroldo de Oliveira, Chico Diaz mais
    Gênero Drama
    Nacionalidades Brasil, Alemanha
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Em meados do século XVIII, Galanga, rei do Congo (Severo D'Acelino), é aprisionado e vendido como escravo. Trazido da África num navio negreiro, recebe o nome de Chico Rei e vai trabalhar nas minas de ouro de um desafeto do governador de Vila Rica. Escondendo pepitas no corpo e nos cabelos, Galanga habilita-se a comprar sua alforria e, após a desgraça do seu ex-senhor, adquire a mina Encardideira, tornando-se o primeiro negro proprietário. Rico, ele associa-se a uma irmandade para ajudar outros negros a comprarem a liberdade.
    Distribuidor Embrafilme
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 1985
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -
    Pela web

    Elenco

    Othon Bastos
    Personagem : Paranhos
    Haroldo de Oliveira
    Personagem : Hermes
    Maria Fernanda
    Personagem : Nenzica
    Ficha completa

    Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Fontes

    Baseado em argumento de Mário Prata, na tradição oral mineira, na poesia de Cecília Meireles e na memória do negro brasileiro

    Bastidores

    A história de Chico Rei, misto de fato e lenda, foi concebida como uma série de 12 capítulos para a televisão.A co-produção germano-brasileira foi tumultuada, com uma interrupção de quatro anos e uma batalha judicial em torno dos copiões.O longa-metragem resultante, montado em 1985, recebeu tratamento de filme de aventura, realista e mágico ao mesmo tempo, com centenas de figurantes e aparência de superprodução.

    Prêmios

    Rio Cine Festival 1986Prêmio Macunaíma da Confederação Nacional de CineclubesPrêmio Cineduc Melhor somMelhor produçãoFestival de Brasília 1986Prêmio OCIC Melhor Figurino Festival de Ghent 1986Melhor Trilha Sonora OriginalFestival de Bogotá 1986Melhor FotografiaMelhor Música

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Andries Viljoen
      Uma lenda que conta a esperança de todos os negros que trabalhavam nas região das minas, um exemplo e líder criado a partir de uma história de perda da identidade cultural.Contudo, é incrível como um filme tão bom tem pouco reconhecimento aqui.Walter Lima Jr., nesse filme foi cru. Não escondeu por trás de humor ou de misticidade o quão cruel era o escravismo. Apesar disso, não espere que vá ver apenas vitimizo por parte dos negros, pois nessa longa história brasileira o que estava sempre abaixo da hierarquia ou que ia contra o sistema sofria duras penas, como é o caso do dono das minas. Apesar de ele ter aquele jeito durão, era à favor da liberdade, mas não vejo isso como uma hipocrisia ou contradição, mas apenas uma cultura enraizada em seu pleno vigor, pois o século 19 ainda nem tinha chegado, que foi quando piorou, pois até os mais pobres poderiam ter seus escravos.Creio que a ferida maior que o diretor cutucou foi quando mostrou os pés acorrentados andando por Vila Rica, em Minas Gerais. Uma linda cidade, sob um aspecto sombrio e maléfico.
    Mostrar comentários
    Back to Top