Meu AdoroCinema
Viva a França!
Nota média
3,1
9 publicações
  • Almanaque Virtual
  • Preview
  • Cineweb
  • CineClick
  • Folha de São Paulo
  • O Globo
  • The Hollywood Reporter
  • Télérama
  • Veja

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

9 críticas da imprensa

Almanaque Virtual

por Zeca Seabra

Os movimentos épicos sobre os vastos campos franceses, a trilha assinada por Ennio Morricone e o desempenho correto do elenco, seduz a platéia que se comove com este triste episódio da Segunda Guerra Mundial pouco explorado pelo cinema.

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

Preview

por Suzana Uchôa Itiberê

[O cineasta] valoriza a vida de cada um dos envolvidos e, ao mesmo tempo, mostra como a existência dessas pessoas parece insignificante diante da magnitude da guerra. É emoção do início ao fim, por mais previsível que ele seja.

A crítica completa está disponível no site Preview

Cineweb

por Neusa Barbosa

Apoiando-se em personagens consistentes, o filme desenvolve aspectos intimistas sem deixar de lado o tenebroso contexto da guerra – que, eventualmente, faz incursões nos caminhos dos personagens e cobra o seu preço.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

CineClick

por Iara Vasconcelos

"Viva a França" resolve não arriscar e, como resultado, acaba não surpreendendo. O filme carece de intensidade e realismo. Ao explorar a emotividade, o cineasta perde um pouco a mão, deixando o filme com tom de melodrama.

A crítica completa está disponível no site CineClick

Folha de São Paulo

por André Barcinski

Tudo muito bem feito, com ótimos efeitos visuais e produção caprichada, mas sem um pingo de ousadia e criatividade. Nem Ennio Marricone escapa da mesmice, com trilha que não abrilhanta seu currículo.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

O Globo

por Ely Azeredo

A fuga pelos campos ao norte do Pas-de-Calais [...] levou o cineasta a profundos mergulhos nas memórias dos sobreviventes. Mas há superlotação de personagens, entre os quais apenas quatro ou cinco emergem com a dramaticidade que se espera da arte ficcional.

A crítica completa está disponível no site O Globo

The Hollywood Reporter

por Jordan Mintzer

Apesar do interessante argumento, o filme não é muito potente; acerta todas as notas mas faz muito pouco para se tornar inovador ou empolgante ou extraordinário.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

Télérama

por Cécile Mury

Não existe complexidade nesta narrativa muito ilustrativa, superficial como as terras pelas quais passa o herói. O filme é um presépio histórico, cujos personagens (o prefeito, a professora, o bêbado) são tão reais quanto os santos.

A crítica completa está disponível no site Télérama

Veja

por Tiago Faria

Em paisagens amplas de faroeste, valorizadas por uma trilha sonora do veterano Ennio Morricone, ele mostra o êxodo de uma pequena vila francesa após a invasão alemã de maio de 1940. Pesa a mão, porém, na trama sofriiiida e folhetinesca sobre um pai alemão (August Diehl)...

A crítica completa está disponível no site Veja
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top