Meu AdoroCinema
Febre do Rato
Nota média
4,0
14 publicações
  • Cinética
  • Críticos.Com.Br
  • Omelete
  • Rubens Ewald
  • Cineweb
  • A Tarde
  • CineClick
  • Cineplayers
  • Estado de Minas
  • Instituto Moreira Salles
  • O Globo
  • Folha de São Paulo
  • Preview
  • Revista Interlúdio

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

14 críticas da imprensa

Cinética

por Raul Arthuso

Em "Febre do Rato", a poesia é inquietação, agitação, levar as coisas ao limite, viver a mise en scène.

A crítica completa está disponível no site Cinética

Críticos.Com.Br

por Nelson Hoineff

O diretor Claudio Assis fez filmes muito bons antes [...] mas há em seu novo filme uma complexidade bem maior, [...] uma notável maturidade na sua maneira de se expressar.

A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

Omelete

por Marcelo Hessel

Há um estado de coisas inviável nas nossas metrópoles, pedindo para se reorganizar, e quem acha que nudez no cinema brasileiro é sinônimo de baixaria infelizmente não vai perceber que "Febre do Rato" toma uma posição política atual em nome da coletividade.

A crítica completa está disponível no site Omelete

Rubens Ewald

por Rubens Ewald Filho

... Este filme [é] libertário, anárquico, brilhante, que funciona porque Claudio (sempre auxiliado pela fotografia do excepcional de Walter Carvalho) é um grande realizador.

A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald

Cineweb

por Neusa Barbosa

É o filme mais bonito de Assis, de uma beleza crua e rude, mas que ele encontra de verdade, tirando o belo da pedra, de onde não se procura, nem se espera, mas está lá.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

A Tarde

por João Carlos Sampaio

Como toda entrega passional, "Febre do Rato" transita entre o realismo e a fantasia. Suas licenciosidades poéticas, tão deliciosamente sujas, certamente não agradarão a todas as plateias.

A crítica completa está disponível no site A Tarde

CineClick

por Roberto Guerra

Mais do que um tipo inquieto e aguerrido, Assis volta a se afirmar como cineasta que domina plenamente o ofício. Seu filme lança a isca intelectual de que a arte pode servir como meio de libertação psicológica e criativa ...

A crítica completa está disponível no site CineClick

Cineplayers

por Bernardo D.I. Brum

["Febre do Rato"] é uma antítese de um cinema limpo, educado e cartesiano demais ...

A crítica completa está disponível no site Cineplayers

Estado de Minas

por Carolina Braga

"Febre do rato" tem inegável apreço estético. A fotografia em preto e branco de Walter Carvalho reforça o ar lírico presente no universo do poeta suburbano.

A crítica completa está disponível no site Estado de Minas

Instituto Moreira Salles

por José Geraldo Couto

Há excessos e desequilíbrios no filme [...], mas é dessa desmesura (nos vários sentidos da palavra) que ele se alimenta e extrai sua força. Se alguma coisa enfraquece o conjunto, por paradoxal que pareça, é o seu discurso poético verbal, um tanto prolixo, redundante, datado ...

A crítica completa está disponível no site Instituto Moreira Salles

O Globo

por Daniel Schenker

Como o protagonista, Cláudio Assis defende uma arte de resistência. Após "Amarelo manga" e "Baixio das bestas", segue apostando num cinema incômodo, que investe na autoria do espectador ...

A crítica completa está disponível no site O Globo

Folha de São Paulo

por Inácio Araújo

Não será no entanto mera mesquinharia indagar porque esse filme de gente rude opta por uma fineza estética que o coloca nos limites do esteticismo. Seria uma maneira de compensar os maus modos dos protagonistas?

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Preview

por Suzana Uchôa Itiberê

Assis tem um estilo definivo, o que é positivo. Agora, se Zizo é uma espécie de alter ego do cineasta, reclamar do mundo, mas pouco fazer para mudá-lo - já que o poeta só bebe e transa o dia inteiro - também não chega a servir como bom exemplo.

A crítica completa está disponível no site Preview

Revista Interlúdio

por Leandro Cesar Caraça

Assis tem enorme prazer em jogar o espectador dentro de um pseudo mundo-cão ... [Mas] a fauna concebida por Assis agora não está espalhada, e se mostra capaz de formar um núcleo.

A crítica completa está disponível no site Revista Interlúdio
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top