Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Tapete Vermelho
     Tapete Vermelho
    21 de maio de 2007 para DVD / 1h 40min / Comédia
    Direção: Luis Alberto Pereira
    Elenco: Matheus Nachtergaele, Gorete Milagres, Paulo Betti
    Nacionalidades Portugal, Brasil, México
    Ver o trailer
    Usuários
    3,9 70 notas e 20 críticas
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Quinzinho (Matheus Nachtergaele) mora em uma roça bem distante de qualquer cidade grande. Decidido a cumprir uma promessa, ele decide levar seu filho Neco (Vinícius Miranda), de 9 anos, para assistir a um filme estrelado por Mazzaropi em uma sala de cinema, assim como fez seu pai quando era garoto. Desejando cumprir a promessa a qualquer custo, Quinzinho, sua esposa Zulmira (Gorete Milagres), Neco e o burro Policarpo viajam pelas cidades em busca de um cinema que possa exibir o filme.
    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2005
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Trailer

    Tapete Vermelho Trailer Original 2:11
    Tapete Vermelho Trailer Original
    4 864 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Matheus Nachtergaele
    Personagem : Quinzinho
    Gorete Milagres
    Personagem : Zulmira
    Paulo Betti
    Personagem : Aparício
    Cássia Kis
    Personagem : Tia Malvina
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    jhonyborba
    jhonyborba

    Segui-los 55 seguidores Ler as 197 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    eu achei um filme sensacional, que mostra a vida sofrida do povo da roça que quer ver um filme do Mazzaropi.E uma interpretação fantástica do Matheus Nachtergaele.
    Francisco Russo
    Francisco Russo

    Segui-los 7298 seguidores Ler as 687 críticas deles

    2,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Se o Brasil tivesse mais salas de cinema no interior era bem provável que "Tapete Vermelho" fosse sucesso de bilheteria. Trata-se de um filme muito divertido, que resgata com bom humor o brasileiro interiorano e também critica o estado atual do país. A viagem de Quinzinho e família em busca de um cinema para exibir um filme de Mazzaroppi é, ao mesmo tempo, uma crítica à própria falta de salas no país e também à falta de memória da ...
    Leia Mais
    Raissa A.
    Raissa A.

    Segui-los 14 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 12 de janeiro de 2014
    Tem cenas, que talvez, possa parecer um pouco forçadas para pessoas que nasceram e/ou viveram somente em grandes cidades/capitais; pras pessoas que realmente entendem e vivenciaram a cultura da roça, o filme é sensacional! Te leva numa viagem totalmente inesperada pros dias atuais. Refaz repensar valores relacionados ao esmagador comportamento em grupo. Título inteligente e totalmente conectado ao filme, sendo explicado diretamente em uma ...
    Leia Mais
    Aurea A.
    Aurea A.

    Segui-los 74 seguidores Ler a crítica deles

    3,5
    Enviada em 12 de janeiro de 2015
    Este filme é um tributo ao ator, diretor, produtor, brasileiro Mazzaroppi. A opção do diretor foi manter a mesma linguagem de seus filmes. O caipira, sonhador, carrega a família para uma aventura que só cabe em seus sonhos. Pelo caminho enfrenta as assombrações do imaginário caipira e as assombrações reais que assombram o pequeno agricultor: o latifúndio, o avanço do capitalismo. O caipira de o. era isso, um Chaplin caboclo. A ...
    Leia Mais
    20 Comentários do leitor

    Fotos

    10 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Produção atrasada

    As filmagens de Tapete Vermelho tiveram que ser adiadas por 9 meses, para que Matcheus Nachtergaele estivesse disponível para rodar o filme. Neste período o ator estava trabalhando na novela Da Cor do Pecado.

    Elenco

    Vinícius Miranda foi escolhido para interpretar Neco após uma grande pesquisa, que envolveu mais de 200 crianças. O elenco de apoio e figuração foi selecionado entre os grupos de teatro de Taubaté e de São Paulo.

    Luz, câmera, ação!

    As filmagens foram realizadas em 6 semanas, entre setembro e outubro de 2004, com locações nas cidades de Santo Antônio do Pinhal, Caçapava, Taubaté, Aparecida, Lagoinha, Roseira e São Paulo.

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Ivan Sousa
      Uma singela homenagem ao cinema brasileiro,ao povo brasileiro e suas raízes e dificuldades.Quinzinho (Nachtergaele) reatrata todas as figuras sertanejas que enfrentam suas dificuldades no dia a dia com muita esperança.Tantas coisas boas esse filme traz que fica difícil citar apenas uma...É o Cinema Paradiso da nossa terra,que homenageia um dos grandes ícones do nosso cinema chamado Mazzaropi.Anos mais tarde,Cine Holliúdy iria divertir tanto quando esse.>Assistido em 31 de Janeiro de 2020-Dou nota 7/10
    • Aur?lie H.
      O filho do Quinzinho, um caipira que mora no interior doBrasil vai fazer aniversário. O Quinzinho quer cumprir a promessa que ele fez aseu pai. Essa promessa é de levar seu filho para ver um filme do ator Mazzaropino cinema. O problema é que no interior de pais não há cinemas. Ele resolveviajar com seu filho e sua mulher para uma cidade maior. No caminho eles vãoviver muitas experiências que nos informam sobre a cultura brasileira. Porexemplo, o filme se trata de crenças e superstições brasileiras como passar umaserpente entre os dedos para ficar melhor tocador de violão, se fala também dalenda de “Saci-Pererê”. Se você é estrangeiro é melhor se informar um poucosobre isso antes de ver o filme para entender melhor. O filme mostra também umagrande diferença entre as pessoas que moram em povos do interior e as que moramnas cidades. O filme descreve algumas dificuldades que os caipiras encontramnas cidades grandes. Eles são representados como pessoas ingênuas e as pessoasda cidade, pelo contrário, menos tolerantes. No filme, marcas lingüísticas sãotambém usadas para acentuar a diferença como : ‘homé’ para ‘homem’, ‘muié’ para‘mulher’... Além da crítica social, o filme aborda o assunto docapitalismo, mostrando que as grandes salas de cinema passam só filmes novosque têm um potencial comercial esquecendo de promover e preservar a culturabrasileira.
    Mostrar comentários
    Back to Top