Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Brasil Animado
    Críticas AdoroCinema
    1,5
    Ruim
    Brasil Animado

    Guia Turístico

    por Francisco Russo

    No papel, a ideia de Brasil Animado até é boa. Aproveitar a extensa e diversificada cultura brasileira em um longa-metragem de animação, no intuito de exaltar o que há de melhor no país. Sem denúncias ou problemas, só o que faz o brasileiro ter orgulho do país onde vive. Uma tentativa de levantar a auto-estima nacional, usando para tanto belezas naturais e criações do povo brasileiro, em uma história que atraia as crianças e sirva de ensinamento a elas, sobre a geografia e a história do Brasil. O problema é que, na prática, esta ideia não funciona.

    Não funciona muito devido ao didatismo adotado pela diretora Mariana Caltabiano. É nítida a intenção de mesclar entretenimento com educação, de forma a ensinar crianças e adultos sobre fatos importantes relacionados ao Brasil. Só que, em vários momentos, os personagens simplesmente param o que fazem para dar explicações. É quase como se fosse uma aula, dada por segundos mas o suficiente para cansar. Como acontecem muitas vezes ao longo da história, às vezes de forma abrupta, a sensação piora cada vez mais no decorrer do filme.

    Além disto, Brasil Animado tem problemas de roteiro. É até compreensível que sua trama seja ingênua, afinal de contas o objetivo é atrair o público infantil. Só que há um exagero nas gracinhas relacionadas aos locais famosos, do tipo "como não vendem pães de açúcar no Pão de Açúcar?" ou a canção "Garota de Ipanema" "criada" por Stress e Relax, em meio à visita ao Rio de Janeiro. Além disto, os personagens coadjuvantes não ajudam. Relax e Stress são antagônicos e estereotipados, mas ainda criam situações bem resolvidas dentro de suas características. Já o personagem que sempre diz "definitivamente" - algo que também irrita devido à insistente repetição - vem e volta da trama, sem qualquer lógica. Os demais presentes na história são quase insignificantes, servindo de suporte para maiores explicações sobre o local em que a dupla protagonista está. Ou seja, são apenas escada para novas aulas sobre o Brasil.

    Para contrabalançar, o filme conta com alguns pontos positivos. O maior deles é a qualidade do 3D, em especial nas cenas em que não há animação. A praia de Copacabana ganha uma dimensão especial, pela profundidade presente na multidão aglomerada na areia, assim como as cataratas de Foz do Iguaçu. Há ainda várias citações, visuais e verbais, a filmes de sucesso. Avatar e Guerra nas Estrelas são lembrados e o filme conta com aparições do Astro Boy, Tio Patinhas, Batman e até Pica-pau. Detalhes que podem passar batido, caso não se preste bastante atenção ao cenário de fundo, e que dão um certo charme ao filme. Entretanto, ambos soam menores diante dos defeitos presentes.
     
    No fim das contas, Brasil Animado é um grande guia turístico dos principais pontos do Brasil. Bem intencionado, mas cansativo demais devido ao seu didatismo e à aposta incessante no conflito cultura x dinheiro, personificada nos personagens Relax e Stress, como se não fosse possível uma combinação entre estes interesses. Por mais que tal atitude tenha sido tomada para facilitar a compreensão dos pequenos, a repetição da mesma piada é mais um dos vários problemas do filme.

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top