Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Simplesmente Acontece
    Nota média
    2,7
    13 publicações
    • Almanaque Virtual
    • Cinepop
    • Rubens Ewald
    • Cineweb
    • O Globo
    • Variety
    • CineClick
    • Cinema com Rapadura
    • Chicago Sun-Times
    • New York Times
    • Screen International
    • The Hollywood Reporter
    • The Guardian

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    13 críticas da imprensa

    Almanaque Virtual

    por Raíssa Rossi

    O que diferencia “Love, Rosie” (no original) [...] é o delicioso clima britânico que se apoia no elenco, na trilha sonora muito bem direcionada (KT Tunstall, Lily Allen e Kate Nash, entre outros), nas belas paisagens irlandesas e, é claro, no peculiar e inconfundível senso de humor britânico.

    A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

    Cinepop

    por Raphael Camacho

    O bom diretor Christian Ditter volta às telonas com um filme que tinha tudo para ser chatinho e bobinho, mas, com muita maturidade e desenvolvimento dos personagens, se torna um dos bons filmes desse ano que vão falar sobre a arte do amar.

    A crítica completa está disponível no site Cinepop

    Rubens Ewald

    por Rubens Ewald Filho

    [...] será possível você amar seu melhor amigo? E mais não é preciso contar, já que o final é previsível, mas agradável, cheio ainda de reviravoltas. Quem gosta do gênero vai curtir muito. Experimente.

    A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald

    Cineweb

    por Rodrigo Zavala

    A história foge do dramalhão, adicionando leveza e doses generosas de humor. Uma equação que se deve muito ao trabalho do afinado elenco, à competente adaptação [...], à fotografia e à direção pop...

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    O Globo

    por Daniel Schenker

    Quem busca surpresas deve passar longe. [...] Apenas a abordagem do sexo, no que diz respeito às experiências de Rosie, soa menos convencional. Mas é preciso fechar os olhos para os clichês tradicionais para aprovar o resultado.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    Variety

    por Guy Lodge

    Este primeiro filme em inglês do alemão Christian Ditter é agradável do início ao fim, e doce como marzipã... Ele se destaca pela imagem vibrante e pela ótima química entre Lily Collins e Sam Claflin.

    A crítica completa está disponível no site Variety

    CineClick

    por Iara Vasconcelos

    Com narrativa simplória e chavões típicos das comédias românticas, "Simplesmente Acontece" erra ao banalizar as idas e vindas entre o casal, o que torna quase impossível criar algum laço com os personagens.

    A crítica completa está disponível no site CineClick

    Cinema com Rapadura

    por Arthur Grieser

    [...] Lily Collins e Sam Claflin são bem sucedidos ao criarem personagens adoráveis e com os quais podemos nos identificar, mas a química entre os dois não é forte o suficiente para sustentar um longa irregular e construído de maneira bagunçada.

    A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

    Chicago Sun-Times

    por Christy Lemire

    "Simplesmente Acontece" é um daqueles filmes chatos em que tudo estaria bem se os dois personagens centrais tivessem uma conversa simples que esclarecesse todos os seus desentendimentos. Mas então, não haveria filme - se bem que, em retrospectiva, isto não seria tão ruim.

    A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

    New York Times

    por Ben Kenigsberg

    Há algo retrógrado num cenário que perdoa o homem que vai atrás de sucesso profissional, enquanto a mulher se sente realizada como uma mãe e empregada de hotel. Que bom que estes dois finalmente encontrem um ao outro, mas que vergonha é gastarem tanto em passagens aéreas.

    A crítica completa está disponível no site New York Times

    Screen International

    por Mark Adams

    Alguns momentos são realmente agradáveis, e o par formado por Lily Collins e Sam Claflin funciona bem, mas no fim tudo parece forçado e explícito demais, com a música sublinhando uma história que raramente consegue respirar e se desenvolver apropriadamente.

    A crítica completa está disponível no site Screen International

    The Hollywood Reporter

    por Jordan Mintzer

    Artificial, ainda que intermitentemente charmosa adaptação de best-seller [...], numa versão abertamente polida que apresenta um "best-of " na trilha sonora e dois atraentes protagonistas cuja beleza tomam o lugar do bom roteiro.

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    The Guardian

    por Mike McCahill

    Uma comédia romântica insuportavelmente retrógrada, com imagens desfocadas, tratando a nossa realidade com um filtro Instagram, como se todos não tivessem nada dentro da cabeça. É basicamente "Um Dia" para imbecis.

    A crítica completa está disponível no site The Guardian
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top