Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Arte da Conquista
    Média
    4,1
    426 notas e 91 críticas
    distribuição de 91 críticas por nota
    21 críticas
    27 críticas
    29 críticas
    11 críticas
    2 críticas
    1 crítica
    Você assistiu A Arte da Conquista ?

    91 críticas do leitor

    ymara R.
    ymara R.

    Segui-los 476 seguidores Ler as 262 críticas deles

    5,0
    Enviada em 1 de janeiro de 2014
    O.M.G pensem num filme maravilhoso....multipliquem bastante.. vao chegar perto da metade do que é este filme.. voltei no tempo... chorei horrores.. compartilho a descrença ate hoje.. o "everything is possible" do diretor do colegio ecoa nos meus ouvidos.. amei...chorei...sofri...e dei boas risadas tambem...
    Juarez Vilaca
    Juarez Vilaca

    Segui-los 1735 seguidores Ler as 393 críticas deles

    3,5
    Enviada em 11 de fevereiro de 2013
    Um bom filme, um enredo cativante e excelente direção.
    Luca T.
    Luca T.

    Segui-los 7 seguidores Ler as 82 críticas deles

    5,0
    Enviada em 10 de abril de 2013
    Um filme simples e despretencioso tornou-se um otimo filme. O garoto revoltado e a menina maluquinha funcionaram bem. Otimo final. Nota:5.0
    Larissa M.
    Larissa M.

    Segui-los 13 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 4 de agosto de 2012
    Amo a Emma Roberts "! Quero muito ver esse filme "!
    Fabio B.
    Fabio B.

    Segui-los 4 seguidores Ler as 15 críticas deles

    2,5
    Enviada em 20 de janeiro de 2013
    Este filme de certa maneira me decepcionou muito. Esperei ansiosamente pela estreia. O enredo visivelmente é super. Interessante, pois faz uma interação entre um nível burguês da sociedade, envolvido com uma personalidade em busca do sentido da vida social do personagem principal e acaba envolvendo todos estes fatos com um romance juvenil. O que realmente pecou foi a falta de profundidade da personalidade dos personagens, pois em certos momentos esta deficiência deixa a desejar em certas situações que envolve sentimentos, deixando cenas pouco interessantes. Toda a produção e sequencia de acontecimentos foi traçada de maneira bem singular, não instigando nem em nível de romance ou de drama. E bem recomendado para assistir sem compromisso ou expectativa.
    Júnior S.
    Júnior S.

    Segui-los 730 seguidores Ler as 269 críticas deles

    3,5
    Enviada em 8 de dezembro de 2015
    Um filme que de tão simples e honesto se torna absolutamente cativante! Não entendo porque a critica americana detonou tanto esse filme adorável, é previsível? É, é clichê em alguns momentos? É, mas nada disso tá em jogo, o filme não foi feito tendo a pretensão de ser mais do que poderia ser, a questão é que A Arte da Conquista cumpri bem sua proposta: Ser um bom romance água com açúcar, tem quem goste e odeie esse gênero mais essas são pessoas tolas que não abrem mão do orgulho e tentam ser um pouco mais ecléticas. Atuações super graciosas de Freddie Highmore e Emma Roberts. Recomendo!
    Pedro R.
    Pedro R.

    Segui-los 25 seguidores Ler as 46 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de maio de 2013
    Para um filme despretensioso, este filme mostrou-se uma surpresa. Um garoto questionador demais com uma menina com opinião forte e, de certo modo, encantadora. Gostei da combinação... É um romance entre dois adolescentes que estão no colegial. Uma história cheia de clichês, assim como a vida de muitos adolescentes. Ouvi muitas críticas negativas sobre esse filme. Principalmente nos Estados Unidos. A maioria dizia que era um romance água com açúcar. A verdade é que para um filme sem muitas pretensões e de baixo orçamento, este filme me fez refletir sobre razões de existir, tempo, e o romance como ele é de verdade: cheio de “poréms”. Outra coisa que gostei é como eles conseguiram associar vários questionamentos que todos nós deveríamos ter, na rotina de um estudante do colegial. Achei que foi genial. Por mais que os problemas dele pareçam menores que os problemas adultos, os questionamentos que deveríamos ter são os mesmo. Para onde estamos indo? E por quê? Gostei dos atores, gostei da trilha sonora (muito boa) e gostei do drama por traz de uma romance simples. Têm suas partes entediantes, vários clichês e às vezes um pouco de melodrama.
    May Loren
    May Loren

    Segui-los 2 seguidores Ler as 21 críticas deles

    5,0
    Enviada em 27 de julho de 2014
    I LOVE, LOVE, LOVE, LOVE, LOVE George, a zillion times! Tem como dar 6,0 e classificá-lo como Extraordinário? Nossa, por onde começo? Bem, a primeira frase expressei em Inglês porque o sentimento se constituiu dentro de mim neste idioma. De alguma forma o verbo LOVE veio antes do AMAR... To aqui secando as lágrimas e ao mesmo tempo tentando tirar o sorriso do rosto. A personalidade de Charlie - uau! Me encantou e me identifiquei muito! Indiferença, apatia, rudeza, maturidade, preocupação, sensibilidade, doçura e ingenuidade - tudo em um só ser! Na metade (ou antes) eu já estava pensando: isso pode acabar de QUALQUER jeito, já me tocou. Freddie Highmore, só queria poder te dar um abraço! O ator que representou o professor Harris também foi demais! Chorei na hora em que ele abraçou George pelo trabalho artístico e do momento em que George foi nomeado em diante. Enfim, BELÍSSIMO! Espero que possam sentir o mesmo que eu senti! BEST FILM EVER!
    Ronaldo B.
    Ronaldo B.

    Segui-los 253 seguidores Ler as 232 críticas deles

    2,0
    Enviada em 21 de setembro de 2012
    Ah um filme que tinha tudo pra ser bom, um bom elenco, um boa história, mas porque ser tão depressivo tão dramático?? Uma que está pensando em se matar se assistir esse filme se mata de vez, e pra quem assim como eu estava morrendo de tédio e foi assistir esse filme piora tudo. Muito Drama, nada de romance. Garoto Chato.
    Nay :)
    Nay :)

    Segui-los Ler as 26 críticas deles

    3,5
    Enviada em 6 de junho de 2013
    Ah, é bunitinho *-* rs não entra pra minha lista de filmes favoritos mas é legal e tal.. Mas juro que odiei a Sally na metade do filme e torci que o George conhecesse outra garota! =D
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top