Meu AdoroCinema
Shame
facebookTweet
Shame
Data de lançamento 16 de março de 2012 (1h 39min)
Direção:
Elenco: Michael Fassbender, Carey Mulligan, James Badge Dale mais
Gênero Drama
Nacionalidade Reino Unido
Ver o trailer
Imprensa
3,6 19 críticas
Usuários
3,9359 notas e 31 críticas
Adorocinema
4,0
Minha nota :
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4
4.5
5
Veja nota dos meus amigos  ?

Sinopse e detalhes

Brandon (Michael Fassbender) é um cara bem sucedido e mora sozinho em Nova York. Seus problemas de relacionamento, aparentemente, são resolvidos durante a prática do sexo, tendo em vista que é um amante incontrolável. Contudo, sua rotina de viciado em sexo acaba sendo profundamente abalada quando sua irmã Sissy (Carey Mulligan) aparece de surpresa e pretende morar com ele.

Distribuidor PARIS FILMES
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 2011
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 6 curiosidades
Bilheteria no Brasil 26 130 entradas
Orçamento 6 500 000 $
Idiomas Inglês
Formato de produção -
Cor Colorido
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -

Críticas AdoroCinema

4,0
Muito bom
Shame

Triste obsessão

por Bruno Carmelo
Shame inicia-se com um corpo nu. Michael Fassbender desfila pelos corredores de sua casa. Ele vai ao banheiro, urina, depois caminha em direção à câmera, em cena de nu frontal que revela o sexo ao mesmo tempo em que esconde o rosto. A imagem nunca abandona este corpo, mesmo quando está deitado na cama, com aspecto cadavérico, sob uma luz esbranquiçada. Este início resume bem o conceito do filme: tratar de um corpo, de sua nudez, sem qualquer fetiche ou glamorização. Aliás, pode-se dizer que poucas vezes uma produção com tantas cenas de sexo foi tão pouco erótica ou excitante. O ato sexual, em Shame, é mostrado de maneira incômoda, como um martírio: o protagonista Brandon, obcecado por sexo, entrega-se às mulheres que cruzam seu caminho como um animal que caminha ao abatedouro. Engana-se quem pensa que a vida deste Don Juan é um paraíso: o rico publicitário é prisioneiro dos próprios dese...
Ler a crítica

Trailer

Shame Trailer Original 1:47
Shame Trailer Original
52 582 visualizações
Pela web

Elenco

Michael Fassbender
Michael Fassbender
Personagem : Brandon
Carey Mulligan
Carey Mulligan
Personagem : Sissy
James Badge Dale
James Badge Dale
Personagem : David
Nicole Beharie
Nicole Beharie
Personagem : Marianne
Ficha completa

Críticas da imprensa

  • Estado de Minas
  • O Globo
  • Cinema com Rapadura
  • Cinepop
  • Cineweb
  • A Tarde
  • Cinema em Cena
  • Cineplayers
  • Estado de São Paulo
  • Folha de São Paulo
  • Gazeta do Povo
  • Jornal do Brasil
  • Preview
  • Diário de Pernambuco
  • Rolling Stone
  • Revista Interlúdio
  • Rubens Ewald
  • Veja
  • Cinética
19 Artigos de imprensa

Críticas de usuários

Harisson G.
Crítica positiva mais útil

por Harisson G., em 06/01/2014

4,5Ótimo

''Shame é um filme que causa mal estar, uma tristeza sem precedentes. O sexo que geralmente é mostrado no cinema como algo... Leia mais

Barboza Wagner
Crítica negativa mais útil

por Barboza Wagner, em 06/04/2013

3,0Legal

Shame é um filme ousado e corajoso ao mesmo tempo denso e perturbador. Muitas pessoas acham que o ponto do filme é Brandon... Leia mais

Todas as críticas de usuários
19% (6 críticas)
48% (15 críticas)
19% (6 críticas)
6% (2 críticas)
6% (2 críticas)
0% (0 crítica)
Você assistiu Shame ?
31 Críticas de usuários

Fotos

30 Fotos

Curiosidades das filmagens

Direção

Segundo longa metragem do premiado diretor de HungerHunger (2008).

Filmagens

Filmado em apenas 25 dias.

Reencontro

Segunda vez que Michael Fassbender trabalha com o diretor. O primeiro foi em Hunger.McQueen repete a dobradinha também com o diretor de fotografia Sean Bobbitt.
6 curiosidades

Últimas notícias

Dia do sexo: 18 filmes com personagens que só pensam... naquilo
NOTÍCIAS - Visto na Web
domingo, 6 de setembro de 2015

Dia do sexo: 18 filmes com personagens que só pensam... naquilo

20 atrizes que também cantam (e muito bem)
NOTÍCIAS - Personalidades
terça-feira, 11 de agosto de 2015

20 atrizes que também cantam (e muito bem)

#multitarefa
Vídeo mostra a primeira e última cena de grandes filmes lado a lado
NOTÍCIAS - Pré-Produção
quinta-feira, 19 de março de 2015

Vídeo mostra a primeira e última cena de grandes filmes lado a lado

Material analisa filmes de Stanley Kubrick, Paul Thomas Anderson e Martin Scorsese.
11 Notícias e Matérias Especiais

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Fernando Sampaio

    Achei o filme perfeito. A construção do personagem interpretado por  Michael Fassbender é minuciosa e digna de um Oscar (ele foi, até onde sei, indicado a vários prêmios importantes do ano, mas ficou fora da disputa da estatueta certamente pela temática pesada). O papel foi desafiador para a carreira do ator, que achou, certamente com a ajuda do diretor, o ponto certo na composição de um personagem tão complexo. O roteiro construído, ao meu ver, compôs personagens (Brandom e Sissy) bastante verossimeis, onde a lacuna deixada pela ausência de certas falas dos personagens (há quem tenha achado o filme monótono, embora eu discorde !) foi substituída (e milimetricamente planejada pelo roteirista) por uma fantástica interpretação gestual dos atores, nas cenas onde o que se pedia, ao invés de palavras, era que eles expressãsem sentimentos como angústia, perplexidade e desapontamento. E isto fizeram com maestria.

  • ymara R.

    Lento e bastante depressivo..Assisti inteiro porque imaginei que em algum momento o filme explicaria a que veio.. mas nem passou perto disso..Eu poderia viver sem ter visto isto..

  • Andrezza ..

    Não é filme para agradar todos.A pessoa tem que ter uma visão artística como a do diretor Steve McQuen e gostar muito de dramas,eu achei bem monótono.Os pontos altos desse filme são as imagens fortes de nudez frontal sem a glamourização típica de Hollywood ou erotismo.Passa uma imagem dramática de tudo.Ótimas atuações de Michael Fassbender e Carey Mullingan,não são papeis para qualquer um,assim como não é filme para qualquer um.

  • Ivan Sousa

    O cinema tem espaço para mostrar vários assuntos.Seja bom ,ou ruim,ou as duas coisas juntas.Em Shame,você pode se preparar,pois teremos um filme,em que se junta os dois gostos.Primeiro,temos o lado bom,pois mostra toda a densidade em que o drama quer chegar.E isso não se trata de uma ficção.A história passada aqui,pode ser vista em qualquer pessoa normal,em que esbarramos no dia a dia.É o caso de Brandon (Michael Fassbender).Um homem já bem vivido,mais que ás vezes tem pequenas falhas.Brandom é bem sucedido em seu trabalhlo,onde tem muitas amizades.Mais ao ir pra casa ,ele muda totalmente seu modo de ser.Vive a obsessão por pornografia,e diariamente se relaciona com mulheres diferentes.Nesse meio tempo,ele esnoba as visitas de sua irmã.Sissy (Carey Mulligan),não é uma pessoa muito ajuizada também.Tem seus defeitos,mais não parecidos com o de Brandom.Os dois começam a se encontrar todos os dias.Mais nenhum se preocupa com a vida de ambos.Pois vivem o presente,e não se dão conta de que realmente precisam de ajuda.Shame é um filme de boas atuações.Já que é coberto de cenas repetidas,que mostra a todo momento cenas explícitas.

  • Deyse B.

    Concordo com o exposto. Nadou, nadou e morreu na praia por causa do roteiro péssimo.

Mostrar comentários
Back to Top