Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Um Drink no Inferno
    Média
    4,0
    819 notas e 172 críticas
    distribuição de 172 críticas por nota
    45 críticas
    59 críticas
    39 críticas
    18 críticas
    7 críticas
    4 críticas
    Você assistiu Um Drink no Inferno ?

    172 críticas do leitor

    anônimo
    Um visitante
    2,5
    Enviada em 6 de julho de 2013
    A verdade é que o filme começa super uma boa história,e parece não ter fim com diálogos tão bem me falam o que acontece do meio para o fim?Uma coisa totalmente sem explicaçã fato são cenas desnecessárias,e talvez até sem nenhum conteú pelo elenco,George Clooney e Quantin Tarantino eram muito jovens,George no casa,tinha uma semelhança muito grande com Joaquin Phoenix.E o que falar de Salma Hayek!Um espetáculo de mulher. (*Regular)!
    Maiko D
    Maiko D

    Segui-los 999 seguidores Ler as 303 críticas deles

    1,5
    Enviada em 13 de setembro de 2014
    Um dos filmes mais toscos que já assisti. O título do filme, o ator principal e o diretor me enganaram. O filme começa de um jeito interessante, contudo, termina de um jeito ridículo. O filme é realmente ruim.
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 13 de maio de 2019
    Quando Robert Rodriguez e Quentin Tarantino juntaram forças para fazer um filme de terror B. O resultado é um glorioso guilty pleasure absolutamente satisfatório de se vê. From Dusk till Dawn é um trash independente que não se deixa abater por suas limitações, muito pelo contrário, as usa em beneficio próprio, é a mágica do cinema em estado bruto! Os irmãos Gecko, ladrões foragidos, sequestram uma família evangélica durante sua fuga para o México e encontram em um bar de strip o ponto perfeito para o acerto de contas com seus comparsas, só que o tal bar também é um refúgio de vampiros...Este filme é a definição perfeita de um clássico Cult, preenchido com personagens caricatos memoráveis. Na falta de uma expressão melhor para defini-lo, Um Drink no Inferno é UM PUTA FILME DAHORA!!! Não tem nada a dizer, nada que acontece leva a lugar algum, e Rodriguez não soube como terminar o filme, apesar disto, continua um entretenimento de guerrilha super honesto e divertido. Pena que não quiseram investir em sequências de verdade, preferiram fazer aqueles prelúdios ruins lançados direto pra DVD...
    Khemerson M.
    Khemerson M.

    Segui-los 39 seguidores Ler as 74 críticas deles

    4,0
    Enviada em 28 de dezembro de 2014
    Em 1996, quando ainda estava colhendo os louros por Pulp Fiction, Quentin Tarantino se via envolvido com outro projeto bem menos ambicioso mas não menos diferente do estilo que o diretor vinha tentando estabelecer desde então: Um Drink no Inferno, um filme cujo estilo e tema escancaravam claramente a intenção do diretor em homenagear os filmes B, tendo no elenco atores em ascenção no cenário hollywoodiano e outros já estabelecidos pela indústria. Entretanto, era intenção de Tarantino apenas escrever a história (a partir do argumento de Robert Kurtzman) e deixar a direção nas mãos do seu amigo e parceiro Robert Rodriguez, que vinha àquela altura de um bom começo depois de filmes bacanas como El Mariachi e A Balada de um Pistoleiro. Assumindo a direção de um filme construído quase que totalmente inspirado no estilo do amigo (aliás, o filme é basicamente a reunião de camaradas divertindo-se à beça na condução deste filme), o filme tem início num daqueles momentos fortuitos onde uma simples conversa serve para nos introduzir à história em curso, quando num determinado instante, a cena abruptamente passa a exigir uma certa tensão que só vai aumentando nossa expectativa para o seu desenrolar...(LEIA O RESTANTE DO TEXTO NO LINK ABAIXO!)
    Rodrigo Novac
    Rodrigo Novac

    Segui-los 3 seguidores Ler as 11 críticas deles

    5,0
    Enviada em 29 de maio de 2013
    Fui atraído primeiramente pelo elenco, tanto de atores como dos produtores. Um roteiro completamente bizarro, no melhor sentido da palavra, daqueles que te prendem por uma mera "zapeada" nos canais da TV. Vampiros e pistoleiros que se cruzam no meio de um filme ao estilo B-Movies, que une a fotografia Tarantinesca aos efeitos bizarros ao estilo "Sessão da Tarde" (pouco sangue e muita, mas muita gosma). Destaque para a trilha sonora, desde a abertura até spoiler: o strip de Salma Hayek, aliás, em seu melhor . Os diálogos são mais um ponto característico de Tarantino, (que bate recorde na palavra "Pussy", assim como "Fuck" em Pulp Fiction) clássicas conversas longas, mas objetivas, com suas frases de efeito. Se a saga Crepúsculo acabou com as suas esperanças em vampiros, recomendo Um Drink no Inferno. Um ótimo filme, um dos melhores de Robert Rodriguez.
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Segui-los 16900 seguidores Ler as 1 082 críticas deles

    2,5
    Enviada em 22 de abril de 2017
    A história é bacana, mas é um trash absurdamente assumido. Para quem gosta de sangue e exageros, talvez se divirtam.
    B.Boy Jc
    B.Boy Jc

    Segui-los 1382 seguidores Ler as 386 críticas deles

    4,0
    Enviada em 14 de junho de 2015
    Achei o filmei interessante, pra quem assistiu às cegas sem checar a sinopse tem uma surpresa com a mudança abrupta do enredo, pra mim foi bastante positivo, achei inovador e super original... As cenas um pouco exagerada, mas acho que fez jus aos trash movies...
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 34145 seguidores Ler as 1 799 críticas deles

    2,5
    Enviada em 29 de fevereiro de 2016
    Trash, mas regular, ate porque tem George Clooney e maravilhoso Tarantino, apesar dos mesmos não term tido grandes atuações, onde tarantino recebeu inclusive uma indicação a franboesa de ouro! roteiro louco e sem noção!!
    Dagoberto M.
    Dagoberto M.

    Segui-los 139 seguidores Ler as 202 críticas deles

    3,0
    Enviada em 15 de maio de 2016
    Para quem gosta de filme de terror exagerado, sem suspense e com cenas de violência sem convencimento, este filme deve ser ideal. O enredo parece interessante no primeiro momento, o rstante exagera.
    Gabriel M.
    Gabriel M.

    Segui-los 13 seguidores Ler as 5 críticas deles

    5,0
    Enviada em 13 de janeiro de 2015
    queria que a cobra q a tia dança fosse a minha giromba
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top