Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Minhas Mães e Meu Pai
    Críticas AdoroCinema
    3,5
    Bom
    Minhas Mães e Meu Pai

    Uma família nada ortodoxa

    por Lucas Salgado

    Existem poucas coisas mais fáceis e perigosas do que se estereotipar uma pessoa, um filme, um ambiente ou qualquer outra coisa. E isso tem sido um problema no mundo do cinema, mostrando que ainda existe muito preconceito e desinformação na sociedade.

    Assim como O Segredo de Brokeback Mountain não é um filme sobre cowboys gays, Minhas Mães e Meu Pai não é um filme sobre lésbicas ou para lésbicas.

    Trata-se apenas de uma produção sobre uma família cujo núcleo principal é formado por duas mulheres que vivem uma relação.

    É claro que a relação homoafetiva é importante para a trama, mas não mais do que a personalidade das personagens e o ambiente familiar cultivado por elas.

    Jules (Julianne Moore) e Nic (Annette Bening) são casadas e têm dois filhos obtidos de inseminações artificiais de um mesmo doador anônimo. Quando os filhos, Joni (Mia Wasikowska) e Laser (Josh Hutcherson), já estão crescidos decidem procurar pelo pai biológico, provocando distúrbios na família.

    The Kids Are All Right (no original) é um filme honesto sobre uma família nada ortodoxa, mas que passa por problemas comuns. A trilha sonora é excelente e dita o ritmo e espírito da produção. O próprio título original do filme é uma referência musical, sendo o nome de uma canção da banda The Who.

    Com brilhantes atuações de Moore e, especialmente, Bening - favorita para uma indicação ao Oscar de melhor atriz -, o longa merece ser conferido.

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top