Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Os Especialistas
    Críticas AdoroCinema
    4,0
    Muito bom
    Os Especialistas

    CONTEÚDO EXPLOSIVO

    por Roberto Cunha

    Com a importante chancela de ser baseado em fatos reais, Os Especialistas chega nos cinemas com outra credencial de peso, que é o elenco principal com Jason Statham, Clive Owen e Robert De Niro, numa participação pra lá de luxuosa. Agora, se bateu um interesse de sua parte, não se preocupe, porque ele será devidamente justificado.

    Situado nos anos 80, período de muitos assassinatos e operações secretas, o filme começa com uma boa sequência de ação com Danny (Statham) e Hunter (Niro), onde o primeiro - extremamente eficiente na arte de matar - já deixa evidente uma conflitante e perigosa faceta: o lado família.

    O tempo passa e ele acaba sendo convocado para terminar um serviço do velho amigo. Na verdade, pior do que isso, precisa concluir a missão para mantê-lo vivo, pois está nas mãos do contratante. O poderoso em questão é um xeque de uma antiga zona de conflito petrolífero no Oriente Médio, que pretende vingar a morte de três filhos, assassinados pela SAS, as forças especiais britânicas. Mas o mandante quer que os assassinos pareçam ter morrido por acidente e Spike (Owen), um ex-agente da SAS altamente qualificado, entra no circuito para atrapalhar tudo.

    Diante deste cenário, o que você já deve ter percebido é que trata-se de um título digno dos clássicos "macho movies", com personagens durões, bons de tudo e se enfrentando do começo ao fim. Então é previsível? Não exatamente. E esse é um dos trunfos da produção, que abusa das reviravoltas na trama, mantendo acesa a chama do clima conspiratório (comum naqueles dias) e o jogo de gato e rato.

    Nos detalhes, boas sequências de perseguições de carro, a pé, sobre telhados de prédios, tiroteios e lutas corporais bem coreografadas, como a sublime sequência usando a cadeira. Quando Hunter (Niro) acerta um preciso e silencioso tiro em câmera lenta numa estação do metrô, parece até render uma homenagem ao clássico Os Intocáveis e a antológica cena do carrinho de bebê. Isso, claro, dando o devido desconto.

    Entre as curiosidades, um certo duelo automobilístico entre um americano Ford e representantes britânicos, como o Bentley, Aston Martin e Mini Cooper, entre outros. Um ponto negativo é a barba por fazer de Stantham (parece definitiva), que não atrapalha em nenhum disfarce. O elenco conta ainda com atores conhecidos pelo trabalho em seriados, como o ótimo Dominic Purcell (Prison Break) a bela Yvonne Strahovski (Chuck) e Adewale Akinnuoye-Agbaje, o Mr. Eko do cultuado Lost.

    As belas locações no deserto, também em Paris e Londres, garantem ao publicitário Gary McKendry uma boa estreia na direção de um longa. E deve agradar os amantes do gênero ação com conteúdo político e um protagonista fugindo do passado: "O problema não é quem sou, mas o que eu fiz". A boa notícia é que o novo cineasta também fez e não foi feio.

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top