Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Gente Como a Gente
     Gente Como a Gente
    Data de lançamento desconhecida / 2h 04min / Drama
    Direção: Robert Redford
    Elenco: Donald Sutherland, Mary Tyler Moore, Timothy Hutton
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Um dos filhos da família Jarrett, de classe média alta, morre precocemente em um acidente. Conrad (Timothy Hutton), irmão da vítima, se considera responsável pelo ocorrido, tenta o suicídio e está em tratamento psiquiátrico. Conrad nunca foi o preferido da mãe, Beth (Mary Tyler Moore), que faz questão de manter as aparências para não dar a entender que a unidade familiar foi quebrada, enquanto Calvin (Donald Sutherland), o pai, tenta solucionar o conflito.

    Título original

    Ordinary People

    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 1980
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 5 curiosidades
    Orçamento 6 000 000 $
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -
    Gente Como a Gente Trailer Original 2:18
    Gente Como a Gente Trailer Original
    2811 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Donald Sutherland
    Personagem : Calvin Jarrett
    Mary Tyler Moore
    Personagem : Beth Jarrett
    Timothy Hutton
    Personagem : Conrad Jarrett
    Judd Hirsch
    Personagem : Dr. Tyrone C. Berger
    Ficha completa

    Fotos

    10 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    O primeiro

    Estreia no cinema dos atores Elizabeth McGovern e Timothy Hutton. McGovern era aluna da prestigiosa Julliard na época e só tinha autorização para filmar aos sábados.Primeiro filme dirigido por Robert Redford.

    O médico

    A escolha original para o personagem Dr. Berger era Gene Hackman, mas o ator desistiu do trabalho. Judd Hirsch concordou em assumir o papel, mas exigiu que pudesse gravar todas suas cenas em apenas oito dias para não atrapalhar as filmagens da série "Taxi", estrelada por ele.

    Edição é pra isso

    Durante a edição do filme Donald Sutherland não ficou satisfeito com seu desempenho na cena final, achando que chorou demais. Ele e Redford decidiram refazer a cena, recriando parcialmente o cenário. Como Mary Tyler Moore não podia retornar ao set, o diretor contracenou com o ator. Posteriormente, foi feita a montagem entre as cenas antigas e novas para parecer que Sutherland e Moore estivessem juntos naquele momento.

    Últimas notícias

    Robert Redford anuncia aposentadoria como ator (de novo!)
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 6 de agosto de 2018
    15 grandes atores que nunca foram indicados ao Oscar
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 4 de fevereiro de 2017
    Como assim?!
    15 filmes que ganharam o Oscar, mas não mereciam
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    terça-feira, 23 de fevereiro de 2016
    Depois de lembrar os atores que não mereciam o Oscar, é hora de pensar nos filmes que levaram a estatueta para casa injustamente.

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Um drama com poucos momentos memoráveis.O filme é lento em boa parte do tempo,a relação familiar não é bem explorada,temos vários cortes entre os personagens que deixa um vazio imenso e sem explicações.A direção de Robert Redford é regular.As atuações são fracas e foi claramente um erro esse filme ganhar de Touro Indomável.>Assistido em 26 de Abril de 2019-Dou nota 6/10
    • Vinícius de Carvalho ..
      Se eu fosse avaliar com sentimento de frustração por este filme ter ganhado Oscar no lugar de Touro Indomável ou Homem Elefante, eu daria nota 0 pra ele ahahah. Mas como Oscar não é parâmetro para qualquer tipo de avaliação de filme, vamos la! Gente Como A Gente é um filme sobre os mais profundos sentimentos de perda e culpa que um ser humano pode suportar ou não suportar. É um filme tão sensível que a gente fica angustiado só de assistir. Fala basicamente sobre a culpa, a depressão e especialmente sobre o quanto a família precisa ser forte e o quanto fica vulnerável a desestabilizar quando perde um ente querido. É um filme profundo, triste e bonito. Não poderia ter trilha melhor que a belíssima Canon in D. Ótima direção e atuações! Dou nota 8 de 10.
    • Tim Meme
      O filme é bom mais o único oscar merecido foi o de ator coadjuvante.
    • Araujo Mari Maria
      tenho linda história de milagre com esta duas anjas como seria bom através de um filme poder publicar ao mundo.sendo estas personagem as duas irmãs lara e laura.participante de vários milagres mais recente hoje 21 abril 2018.
    Mostrar comentários
    Back to Top