Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Um Lugar Qualquer
    Média
    2,8
    49 notas e 26 críticas
    distribuição de 26 críticas por nota
    1 crítica
    5 críticas
    10 críticas
    6 críticas
    3 críticas
    1 crítica
    Você assistiu Um Lugar Qualquer ?

    26 críticas do leitor

    danicarreis
    danicarreis

    Segui-los 31 seguidores Ler as 70 críticas deles

    2,5
    Enviada em 15 de fevereiro de 2013
    Eu esperava mais do filme, afinal, é dirigido por Sofia Coppola e, após "Virgens Suicidas" (seu 1º e ótimo trabalho!), eu esperava bem mais da diretora! O ritmo é lento, cansativo e inicialmente dá ao espectador uma impressão de que algo interessante vai acontecer, porém, nada acontece e isto frustra! Gostei muito da trilha sonora e das atuações,mas, na minha opinião, o roteiro poderia ser mais vibrante...
    cinetenisverde
    cinetenisverde

    Segui-los 16048 seguidores Ler as 1 122 críticas deles

    4,0
    Enviada em 17 de janeiro de 2017
    A rotina "solitária" do playboy/ator Johnny Marco (Stephen Dorff), cercado de tietes por todos os lados, mas que não abre mão de uma sessão privada de pole dance protagonizada por gêmeas, e a mudança que vai ocorrendo conforme sua filha Cleo (Elle Fanning) vai participando cada vez mais de sua vida, é mostrada pela lente humanamente aguçada de Sofia Coppola (Encontros e Desencontros), o que dispensa muitos diálogos.
    wesleyaxe
    wesleyaxe

    Segui-los 6178 seguidores Ler as 680 críticas deles

    4,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Um filme que certamente será chato pra quem gosta de ação, mas pra quem gosta de apreciar valores da vida, o filme mostra de uma forma simples e diferente, o cotidiano de um ator em sua vida aburguesada, que tem tudo e nada precisa fazer e que ao ter sua filha em seu convívio com mais frequência, começa a perceber o quanto aquilo tudo é um tédio, e nisso o filme nos passa muito bem esse sentimento, pq as cenas são demoradas e paradas justamente pra nos passar também esse sentimento de ócio no qual o personagem vive. Então ele começa a se dar conta de que tudo aquilo não faz sentido nenhum em sua vida. Eu como pai, adorei apreciar a aproximação da filha com o pai e a convivência de ambos. Gostei muito do filme.
    Renan Rossi
    Renan Rossi

    Segui-los 391 seguidores Ler as 258 críticas deles

    2,5
    Enviada em 14 de agosto de 2015
    Estranho, super parado, estranho de novo....mas é bom. hehehe
    fabioccpv
    fabioccpv

    Segui-los 8 seguidores Ler as 39 críticas deles

    1,5
    Enviada em 28 de fevereiro de 2012
    O filme é ruim, lento, devagar, te faz cansar, pensar em outras coisas e deixar o filme em segundo plano, o final não nos traz nada. Salva a nota apenas a atuação de Elle Faning. Nota 3. Não recomendo!!!
    Priscila Madeira
    Priscila Madeira

    Segui-los 7 seguidores Ler as 2 críticas deles

    2,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Fraco d+++++!!!!
    roberto mauro zebral da silva
    roberto mauro zebral da silva

    Segui-los 1 seguidor Ler as 23 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Excelente filme de Sofia Coppola que aborda a questão do vazio existencial do ser humano. Acredito que isto aconteça não só com os anônimos, mas também com os famosos. O filme La Dolce Vita, de Fellini, já abordava a questão. Este filme de Sofia Coppola está na linha de um outro filme dela, "Encontros e Desencontros". Só que "Encontros e Desencontros" ficou um filme muito mais charmoso, inclusive pela inigualável trilha sonora, e pela presença estonteante da bela Scarlett Johnson. Eu não sei por quê, mas ao final deste filme (Um lugar qualquer), o nome de um outro filme me veio à cabeça: "a insustentável leveza do ser"... (não sei se vocês me entenderam). Atenção: o final deste filme é que justifica o título: "Um lugar qualquer". É um filme que merece ser visto. Muito bom.
    rft
    rft

    Segui-los Ler as 4 críticas deles

    0,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Horrível! Não acontece nada do começo ao fim.
    Vitória  S.
    Vitória S.

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    1,0
    Enviada em 25 de outubro de 2012
    É um filme extremamente lento e me fez cansar e querer para-lo antes de 20 min. Os atores são ótimos mas o roteiro de Sofia Coppola não deu a eles oportunidade para mostrar seu melhor. O filme não tem clímax e aborda um assunto que poderia ser muito melhor abordado: relação pai e filhos. Fiquei aguardando uma reviravolta impressionante até o final e não aconteceu. spoiler: A única coisa que salva é a cena em que o pai vai fazer uma massagem e o massagista também fica nu.. SÓ ISSO! Ao final da sessão do cinema as pessoas sairam com vergonha umas das outras por terem pago para assistir, isso ficou bem claro.
    Elano
    Elano

    Segui-los Ler a crítica deles

    2,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Um filme melancolico, existencial, reflexivo e totalmente coerente em si, Sofia Copola envolve-nos em todos esses sentimentos que transbordam de Marco(Stephen Dorff), é possivel durante todo filme sentir à melancolica e vazia vida do protagonista, oque incomoda infelizmente um espequitador que venha armado para um filme mais duro e não entretivo. Aquele que espera pela sinopse que a chegada de Cleo(Ellen Fanning) que o filme fique repleto de alegria e felicidade cai também do cavalo, poís, oque é abordado é um relacionamento sutil e existencialista entre um pai descomprometido e uma filha distante. Um filme linear sem altos e baixos,sem climax e de desfecho intrigante,mas no que se propõe excelente,com atuações muito boas de Dorff e Fanning, trilha sonora e fotografia também louvaveis e claro uma excelente direção de Sofia Copola, foi o primeiro filmeque assistodela estou ansioso para ver outros...
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top