Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Venom
    Críticas AdoroCinema
    1,5
    Ruim
    Venom

    Planeta dos simbiontes

    por Francisco Russo
    Ao assistir Venom, tenha algo muito claro em mente: este é um produto comercial escancarado, mais interessado em explorar a popularidade do personagem-título do que propriamente em desenvolver uma história convincente. Algo até mesmo esperado, ao analisar os bastidores do longa-metragem.


    Com os direitos do universo do Homem-Aranha em mãos, mas sem a necessária competência para transformá-los em rentáveis aventuras divertidas ao grande público, a Sony fechou um histórico acordo que pôs o Cabeça de Teia, agora interpretado por Tom Holland, no Universo Cinematográfico Marvel. Apesar disto, toda a conjuntura de vilões e coadjuvantes continua sob o guarda-chuva da Sony, que, de olho em lucros maiores, decidiu estabelecer seu próprio universo em torno do Homem-Aranha. Com um detalhe crucial: sem poder usar o Homem-Aranha, preso ao tal acordo de cinco filmes com a Marvel.

    Daí nasce o filme-solo do Venom, cuja origem obviamente teve que ser alterada para desligá-lo por completo de seu antagonista dos quadrinhos. Sem uniforme negro nem Guerras Secretas - impossível de ser adaptada nas telonas, diga-se de passagem -, a origem do simbionte é apresentada em poucos minutos, a partir do pouso forçado de uma espaçonave exploratória. Com o ser desconhecido descontrolado, o que inevitavelmente resulta em uma chacina de astronautas, tem início a saga do simbionte em solo terrestre, em busca do hospedeiro ideal, atuando em duas frentes distintas: um foragido, em plena Malásia Central, e os outros trancafiados em laboratório, sujeitos a todo tipo de experiência científica. Sim, foi isso mesmo que você leu: há vários simbiontes neste filme.


    Por mais que traga alterações substanciais, a origem dos simbiontes é até aceitável. O problema é a sucessão de "explicações científicas" absolutamente furadas, pelo próprio roteiro: primeiro é dito que ele apenas sobrevive em um hospedeiro que consuma oxigênio, logo em seguida tal condição é esquecida; o simbionte consome os órgãos internos de seus hóspedes, mas com Eddie Brock tal condição torna-se ameaça controlável; a dificuldade em encontrar a simbiose perfeita em laboratório é absolutamente corriqueira mundo afora, seja nas desventuras asiáticas de um deles ou mesmo nas transições de Venom quando esta longe de Eddie Brock. Ou seja, coerência zero.

    Entretanto, esta questão está longe de ser o maior dos problemas de Venom. Com ares de filme trash e uma narrativa absolutamente esquemática, o filme o tempo todo transita entre a violência milimetricamente calculada - leia-se, sem sangue - com absurdos irônicos sem qualquer humor, entremeados por cenas de ação estreladas pelo personagem central onde reinam efeitos especiais questionáveis. Por mais que a dualidade entre Eddie Brock e Venom seja interessante no necessário duelo pelo controle do hospedeiro, muito por causa da capacidade de Tom Hardy em compor personagens introspectivos, a própria construção de Brock é apresentada sem inspiração, se valendo de diálogos bobos em situações óbvias, envolvendo um certo idealismo jornalístico. Pior ainda é Michelle Williams, absolutamente desperdiçada em cena.


    Em meio a tantos defeitos conceituais, Venom ainda derrapa feio na condução da narrativa. Se a opção por apresentar vários simbiontes serve na concepção da origem do alienígena, este subterfúgio resulta também em uma série de decisões equivocadas de roteiro, seja na criação de um vilão a ser enfrentado ou mesmo nas motivações do simbionte conectado a Eddie Brock. Pífio.

    Com tantos problemas, Venom somente atende ao desejo comercial da Sony em explorar seu personagem-título, de alguma forma. Trata-se de um mero produto comercial, sem qualquer compromisso com qualidade, que deseja apenas faturar em cima da atual onda de super-heróis e da própria popularidade de seu anti-herói, advinda dos quadrinhos. Se após a sessão ainda houver alguma dúvida sobre isto, basta aguardar a cena pós-créditos, das mais picaretas (e comerciais) já feitas na história do cinema - ironicamente, também muito melhor que o filme em si. Mas isto, no fim das contas, não é um grande mérito.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    • Plábyo Geanine
      É isso aí!
    • Plábyo Geanine
      Melhor que Deadpool! O pouco que conheço do Venom vem dos videogames, nunca li os quadrinhos. Logo, não conheço o contexto no qual o personagem surge e se desenvolve. Dessa forma, olhando só o filme, não tenho do que reclamar. O Venom é um ótimo anti-vilão e o Tom Hardy, como sempre, excelente. Esses críticos especializados são mimizentos demais. É tipo aquele pessoal que acha bonito um quadro com um monte de rabiscos abstratos sem sentido nenhum. O filme é bom, sim! Aguardo ansiosamente o Venom 2.
    • Carlos Henrique Belmont
      Finalmente Eu assisti ao Venom e cheguei a conclusão que......Bem, o filme é até legalzinho, tem seus momentos, mas Eu achei ele totalmente na média!!! Eu não conheço o personagem pelas HQs, Mas sim pelo jogos e não está nem perto daquilo que Eu poderia esperar.....O Enredo do Filme é no máximo, okay, um vilão extremamente visível, um assassino mentiroso que sacrifica á todos ao seu redor.....No Geral, Eu Considerei um Filme Extremamente Comum!!! Sendo que querendo ou não, terei que usar um comentário clichê para resumir: ''É um bom filme para se assistir na TV na sessão da tarde, se não tiver nada melhor pra fazer''!!!
    • Edailtom
      Tanto não gostei que o filme quase todo mal acompanhei. Fiquei digitando no notebook, olhando algumas poucas vezes para algumas cenas.
    • Edailtom
      Passou longe, galáxias de distância longe*
    • Edailtom
      Estou vendo o filme e muito antes de chegar ao final resolvi ver os comentários para ver se diziam a mesma coisa que eu observei, mas... não. Claro que não li todos, possa ser que alguém tenha comentado, mas não gostei do filme, e desculpem-me a opinião de muitos que vêm dizer que os tempos são os outros e que é preciso adaptar, mas podem falar o que quiserem de fãs de quadrinhos, mas sim, prefiro seguir pelo original ou quase perto disso. Guerras Secretas concordo que não tem como trazer ao filme, mas um Eddie Brock com tão cara de mocinho, sem nada de ganância, egoísmo, interesseiro, fraco e derrotado? Um Venom tão herói contra uns vilões que inventaram só para torná-lo herói? Totalmente fora do padrão do Venom e Brock que já vi. É o mesmo caso do Homem-Aranha dos Vingadores que não me agradou (a não ser o ator. Cara e atitude de adolescente mesmo), mas o assunto aqui é Venom. Sinceramente, para mim nem pareceu algo da Marvel, mas um filme qualquer de Ação/Suspense com alienígenas. Passonge, galáxias de distância longe das tramas do universo Marvel.
    • Thiago Magno
      Acho exagero considerar que o cara apenas criticou o lado comercial, beleza, houve essa critica sim, mas parece uma análise mais qualitativa mesmo, considerando que a falha na qualidade em geral foi a questão de usar apenas o pensamento comercia, acho que entendi o que ele quis dizer.
    • Thiago Magno
      Eu entendo porque foi uma análise com abordagem focada no quesito de qualidade,então quando visto de um perfil técnico, parece muito fraco, afinal nem todo produto excelente cai na boca do povo, pois sem capacidade de ser vendido, sem o marketing correto, não chega a quem deve chegar e sabe-se lá se o público gostaria do produto excelente. Por exemplo, considerando o Brasil pelo menos, eu, de forma bem generalizada, pensei que Joker iria ser um fracasso, por ser uma trama tão bem trabalhada e com qualidade impecável de construção em geral. Mas que bom que não foi. Acho que seria como comparar literatura com crepúsculo com agatha christie e outros excelentes clássicos.Tipo isso.
    • Marcos
      🙄
    • Marcos
      Aí DENTRO!!!
    • Maria C
      Tentei assistir mas não consegui... achei muito nojento.....foi feito para quem gosta do gênero...tadinho do meu querido Tom Hardy.
    • Ranbir kapoor
      Eu gostei do filme,e pelo o que percebi a grande maioria gostou,tanto é assim,que a bilheteria,quase foi de 1 bilhão!
    • Felipe Santiago
      Tom hardy puta ator salvou em partes o filme, achei que em algumas partes forçou a barra como por exemplo as cenas na moto,achei meio estranho o desenrolar do relacionamento dele com a namoradinha e tambem a parte que ela chega com o venon hospedado para entregar pra ele quando estão na floresta. Fora isso achei ok, da pra melhorar mas novamente ressalto a importância do tom hardy.
    • Peterson Menezes Iglesias Novo
      Concordo.Falta enredo, ação e origem adequados. Mais furado que isso só pneu de caminhão. Deixa as crianças da sessão da tarde que nunca leram gibis falarem o que querem.Esta pior que Xmen origens Wolverine.
    • OLIVEIRA
      Desde quando ganhar dinheiro é feio? Esse cara deve ser socialista. O filme dá ver, não vai perder o seu tempo.
    • João Victor A.
      Engraçado que as pessoas que estão falando mal do filme falam exatamente o que os canais famosos de crítica falaram no YouTube. Alguns aqui usam até as mesmas palavras... Ou seja, ouviram lá e vieram pagar de críticos aqui repetindo a mesma coisa kkkkkk mas vamos aos fatos... A maioria das pessoas que assistiram gostaram. Então o filme é bom sim. Um filme tem como finalidade entreter a quem assiste e esse fez isso com a maioria das pessoas. Mas tem gnt q n quer assistir o filme, querem assistir o que a crítica falou que o filme é... Enfim! A minha opinião não é importante p outros assim como a opinião dos críticos vale muito pouco p mim... O filme me entrenteu e me divertiu bastante então para mim é um filme mto bom sim.
    • Regi Major
      goste do filme e rir muito em varias pante
    • Jackson Lovato
      Um filme tipo Homem Aranha (3) sem seu protagonista e sem referências a ele. O filme contém boas cenas de ação, mas os personagens, com exceção do protagonista (atuação razoável), são deprimentes. O humor sádico de Venom também achei desnecessário. Termina com uma bela chamada para uma sequência, que com certeza virá.. Razoável!!
    • Fabio G
      mano se retira que ta ficando feio pra vc!
    • Fabio G
      O publico quer entretenimento. quem quer cópia fiel da história que leia o livro ou gibis! a critica varia de pessoa para pessoa, vergonha é o cara não aceitar que o que pode ser ruim para você, não necessariamente vai ser ruim para outros.
    Mostrar comentários
    Back to Top