Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Valente
    Média
    4,3
    1902 notas e 61 críticas
    distribuição de 61 críticas por nota
    11 críticas
    24 críticas
    15 críticas
    8 críticas
    1 crítica
    2 críticas
    Você assistiu Valente ?

    61 críticas do leitor

    Victor N.
    Victor N.

    Segui-los 17 seguidores Ler as 104 críticas deles

    2,0
    Enviada em 11 de agosto de 2013
    Não recomendo, é um dos piores da Pixar, uma porcaria.
    Bárbara S.
    Bárbara S.

    Segui-los 4 seguidores Ler a crítica deles

    2,0
    Enviada em 8 de abril de 2014
    filme horrível! por ser da pixar, imaginamos um filme incrível, mas essa descrição não se encaixa nesse filme, que parece mais uma mistura de ''Irmão Urso'' com ''Sexta-feira muito louca". o início até que é bom, mas a partir que spoiler: a mãe de Merida se transforma em urso a história acaba ficando boba e enjoativa, e o final acaba sendo muito previsível. além de ter um título sem sentido com a história e muita enrolação a partir de quando spoiler: Merida e sua mãe (urso) vão para a floresta . O filme também apresenta pontos inúteis, como os irmãos de Merida, que não fizeram praticamente nada de importante no filme. pontos positivos nos lindos cenários, cheios de verde, no cabelo ruivo de Merida, que representou muito bem a personalidade da personagem, pelo fato de a história ser sobre uma princesa mas não ser uma história de amor como o resto das histórias de princesas da Disney, e pela personalidade da personagem, que não é mais uma princesa frágil e inocente. mas é triste ver uma personagem tão boa ser desperdiçada em uma história tão fraca. acredito que se melhorassem o roteiro do filme ele poderia ter ficado melhor, mas o resultado final acabou deixando muito a desejar.
    Ric Brandes
    Ric Brandes

    Segui-los 58 seguidores Ler as 102 críticas deles

    4,5
    Enviada em 25 de abril de 2013
    Valente faz jus ao Oscar de melhor longa de animação 2013. O filme da PIXAR traz a história de Merida, a brava princesa Ruiva que luta contra as imposições sociais, e acaba fazendo um pacto que muda sua vida e a de todos em seu reino. O conflito entre a princesa Merida e sua mãe, a rainha Elinor, traz grandes emoções e comove adultos e crianças. Um belo filme de aventura, que expõe a coragem desta valente princesa na descoberta da luz mágica que guiará sua vida. Além das belas imagens, dos ursos mais interessantes do cinema, cenários magníficos, vilões assustadores e excelentes cenas de ação, a trilha sonora da versão em português traz a cantora Manu Gavassi, que canta as versões nacionais do filme. Siga a luz mágica: Valente é garantia de ótimos momentos de riso, admiração e grandes emoções! Por Ricardo Brandes / Escritor
    Guilherme R.
    Guilherme R.

    Segui-los 4 seguidores Ler as 16 críticas deles

    3,0
    Enviada em 5 de fevereiro de 2014
    Diretores: Mark Andrews, Brenda Chapman Elenco: Kelly MacDonald, Billy Connolly, Emma Thompson Gênero: Animação, Aventura, Comédia Produtoras: Disney e Pixar EUA, 2012 A animação Valente, coprodução da Disney e Pixar, faz um resgate da essência e cultura celtas presentes na Escócia. A atmosfera do povo bretão é retratada por cenários campestres, ursos – animais admirados pelos escoceses –, cores vivas, e homens de kilts bebendo e cantando. A animação inova por trazer uma heroína adolescente como protagonista – até então são poucas as histórias que se propõem a retratar o universo feminino; e, diferente de outros desenhos que trazem uma família exemplar e perfeita; e amores românticos, esta traz uma família problemática e conflituosa. A história gira em torno do conflito adolescente da princesa Merida, uma garota rebelde, de cabelos revoltos, mais preocupada em cavalgar e praticar arco e flecha do que seguir a tradição do reinado. Ela tem mais intimidade e afeição pelo seu pai, Fergus, ambos de espíritos selvagens. Todavia, sua mãe, a rainha Elinor, impecavelmente arrumada, sempre com lindos vestidos e cabelos caprichados, ensina exaustivamente como uma princesa deve se portar e cuida de cada detalhe do dia da jovem, que fica bem irritadiça pela marcação. A rebeldia e teimosia da garota valente, unidas à sua leviana solução para findar os conflitos com a mãe, que deseja um casamento arranjado, uma tradição do seu povo, trazem consequências desastrosas, colocando todos em perigo. Com os perigos e situações delicadas pelos quais passam os personagens, eles reforçam a relação de amor familiar, a união e a amizade entre os povos. Sempre temos qualidades admiráveis e podemos nos valer disso nos momentos mais difíceis e também nada nos impede de, quando necessário, romper com o tradicional para ganhar novos rumos.
    Isis Lourenço
    Isis Lourenço

    Segui-los 1093 seguidores Ler as 486 críticas deles

    3,0
    Enviada em 11 de março de 2016
    História bonitinha,fala dos cuidados que se deve ter ao se desejar muito uma coisa e que nem sempre os meios mais fáceis de se conseguir são os certos,tem ação,suspense e emoção,porém minha filha de 7 anos não curtiu muito não.
    Vitor Araujo
    Vitor Araujo

    Segui-los 628 seguidores Ler as 426 críticas deles

    4,0
    Enviada em 9 de maio de 2016
    Escócia. Ursos. Magia. Mãe e filha. Aventureiro. Tenso. Tradições. Vikings. Pixar. Visual. Divertido. Cabelos. Legal.
    Roberto Carlos M.
    Roberto Carlos M.

    Segui-los 890 seguidores Ler as 443 críticas deles

    5,0
    Enviada em 2 de janeiro de 2016
    assisti no canal megapix hd, excelente, história muito bem produzida e dirigida, cenas de ação bem elaboradas, muitas cenas engraçadas e também comoventes, a dublagem é um show, nota dez..
    Luis R.
    Luis R.

    Segui-los 6206 seguidores Ler as 736 críticas deles

    3,5
    Enviada em 17 de fevereiro de 2015
    Bom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Leandro A.
    Leandro A.

    Segui-los 8 seguidores Ler as 65 críticas deles

    4,0
    Enviada em 7 de julho de 2013
    Visual é o maior triunfo da nova aventura da Pixar, que acata a cartilha Disney de contar histórias Ótimo A Pixar nos deixou mal acostumados. Fato. É por isso que já tem gente por aí falando que a empresa entrou em decadência depois de ser vendida para a Disney. Mas o que podemos fazer se foi daqueles computadores - e, principalmente, daquelas mentes criativas - que saíram alguns dos maiores filmes dos últimos 20 anos, como Toy Story, Wall-E e Ratatouille, para citar só três deles? Um dos argumentos utilizados por este grupo de críticos é que a Pixar se rendeu às necessidades do mercado (e à casa do Mickey), produzindo continuações (Carros 2, Universidade Monstros, Procurando Nemo 2), que ajudam a alimentar as lojinhas de seus parques temáticos com mais produtos fofinhos e altamente rendáveis. A criação de Valente (Brave), o primeiro projeto da casa protagonizado por uma personagem feminina - e ainda por cima uma princesa! - seria a prova definitiva da "decadência criativa" do estúdio que nasceu sob as asas de George Lucas e se desenvolveu embaixo dos olhares de Steve Jobs. O que estes críticos não falam é que a animação é quase tão linda quanto as próprias planícies da Escócia em que se baseia e que o 3D criado é um dos melhores já vistos. A utilização de densas florestas da região criam a profundidade necessária para realmente levar o espectador para dentro da história, sem a necessidade de ficar jogando objetos na cara do público ou fazer os personagens saírem voando ou caindo em túneis que parecem montanhas-russas, o grande vício do gênero. E ainda tem mais uma vez a homenagem da Pixar e seu chefão, John Lasseter, ao estúdio Ghibli, de Hayao Miyazaki, presente nas criaturas fantásticas que levam a princesa Merida até a casa de uma bruxa, que deve ser irmã da Yubaba, a bruxa má de A Viagem de Chihiro. É neste momento que a história realmente começa a se desenrolar. Merida é uma jovem de espírito livre, que não quer seguir as normas de conduta da realeza e se rebela contra seu pai e, principalmente, sua mãe, ao não aceitar que sua mão seja colocada em disputa. Ao fugir de casa para espairecer, acaba encontrando a tal feiticeira - um ótimo alívio cômico, assim como os trigêmeos, irmãos de Merida - e faz um pedido, sem saber o preço que pagaria pelo seu pacto. É preciso admitir que o desenrolar da história segue bastante a cartilha Disney, que - vale sempre lembrar - são regras que ajudaram a cimentar os gêneros da animação e dos contos de fadas e transformá-los no que eles são hoje spoiler:
    Jackson A L
    Jackson A L

    Segui-los 1645 seguidores Ler as 562 críticas deles

    4,0
    Enviada em 14 de março de 2016
    As animações de hoje em dia, de um modo geral, são diversão garantida, para todas as idades, e com VALENTE não é diferente. São desenhos que não servem apenas para rir, mas também para emocionar e ainda trazem linda lições de vida.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top