Meu AdoroCinema
Histeria
Nota média
2,4
16 publicações
  • Chicago Sun-Times
  • Cineweb
  • Cinema10
  • Cinepop
  • Preview
  • Screen International
  • Télérama
  • The Hollywood Reporter
  • New York Times
  • O Globo
  • Omelete
  • Rubens Ewald
  • The Guardian
  • Variety
  • Críticos.Com.Br
  • Chronic'art.com

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

16 críticas da imprensa

Chicago Sun-Times

por Roger Ebert

Um dos prazeres do terceiro filme de Tanya Wexler é a elegância da reconstituição de época. Os figurinos, os cenários, as locações e o ambiente são impecáveis.

A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

Cineweb

por Neusa Barbosa

Sem pretender falar sério demais sobre os temas que aborda, é o tipo de filme capaz de fazer o público sair sorrindo do cinema.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Cinema10

por Laísa Trojaike

Numa projeção que não se alimenta de um bom roteiro, com uma direção cuidadosa, mas acanhada e que não se debruça sobre atuações notáveis, "Histeria" pouco faz mais do que divertir.

A crítica completa está disponível no site Cinema10

Cinepop

por Pablo Bazarello

"Histeria" ganha pontos pelo desempenho de seus atores, pela ótima direção de arte e figurinos, que colaboram com a recriação da época de forma exata, e pelo clima agradável confeccionado pela diretora.

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Preview

por Mariane Morisawa

Apesar do tema, a diretora conduz com leveza e graça, num clima bem família.

A crítica completa está disponível no site Preview

Screen International

por Allan Hunter

O espectador sabe muito bem para onde esta história caminha, mas existe bastante diversão durante o trajeto.

A crítica completa está disponível no site Screen International

Télérama

por Jérémie Couston

Dá para aderir à mensagem (gozem sem limites!) defendida com ardor por Maggie Gyllenhaal. Mas perto deste fervor feminista, os outros atores são insignificantes.

A crítica completa está disponível no site Télérama

The Hollywood Reporter

por David Rooney

O filme não é nem de longe tão ousado e criativo quanto poderia ser, mas ele é divertido mesmo assim.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

New York Times

por Stephen Holden

Uma comédia tola e leve. [...] A ideia central aqui, de que o aparelho elétrico é um substituto milagroso para a intimidade, é tão ridícula quanto afirmar que sexo virtual é melhor que o sexo real.

A crítica completa está disponível no site New York Times

O Globo

por André Miranda

"Histeria" não se difere muito desses filmes adolescentes com piadas de cunho sexual, com o agravante de reutilizar fórmulas e diálogos batidos.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Omelete

por Marcelo Hessel

Tanya Wexler faz um filme previsível em todos os aspectos, realmente como se a História estivesse ao alcance dos personagens, só esperando para ser escrita.

A crítica completa está disponível no site Omelete

Rubens Ewald

por Rubens Ewald Filho

Achei o filme um pouco tímido e recatado demais, com medo de cair na pornochanchada e, por isso mesmo, perdendo parte das risadas.

A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald

The Guardian

por David Cox

A direção de arte é bem-feita para o gênero. Gyllenhaal consegue sobreviver ao tédio da história; mas também não vai muito longe. Pelo menos ela faz um bom sotaque inglês.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

Variety

por Dennis Harvey

Apesar do humor sutil que o roteirista se esforçou em obter desta história sobre o despertar erótico [...], "Histeria" prefere apostar em estereótipos e humor pastelão.

A crítica completa está disponível no site Variety

Críticos.Com.Br

por Luiz Fernando Gallego

Lamentável como cinema e sob qualquer outra abordagem, cômica ou não.

A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

Chronic'art.com

por Mathieu Macheret

A imagem sem contraste, os figurinos arrumados demais, a música sinfônica inofensiva, a linguagem educadíssima, o humor fora de moda, tudo neste filme acolhe de braços aberto o ranço da época que ele pretendia parodiar.

A crítica completa está disponível no site Chronic'art.com
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top